Conversão do fogão de gás LP para natural

Pois bem, a maioria dos fogões que são vendidos aqui no Brasil, sai de suas fábricas prontinhos para funcionarem com o botijão de gás, entretanto, existem modelos que saem de suas fábricas adaptados para dois tipo de abastecimentos, são eles: o GLP ou o gás natural.

Quem pode realizar conversão de fogão

somente as autorizadas do fabricante de seu fogão, a empresa que for fornecer o gás ou uma pessoa especializada para esse tipo de serviço, jamais alguém que não entende do assunto e que não seja especializado.

Lembre-se que, a conversão do GLP para o gás natural encanado deverá ser totalmente gratuita pela empresa autorizada de seu fabricante, somente se essa for à primeira instalação ou se estiver no período certo de garantia.

Muitas pessoas perguntam o porquê de ser o serviço autorizado do fabricante de seu fogão, o responsável número 1 para fazer a conversão necessária, a resposta é: Porque cada fogão obtém um tipo de peça dimensionada, específica e certa para serem adaptadas.

Quando a companhia de gás tiver que fazer o serviço de conversão, ela também deverá usar as peças necessárias e corretas, mas, não é isso que ocorre algumas vezes.

Conversão de fogão para gás encanado

Quais são os passos que a equipe que for realizar deverá seguir? Irei cita-las a baixo, mas antes irei falar um pouco sobre o gás encanado.

Gás encanado (GN) ou gás natural:

O gás natural irá chegar até a sua residência por meio de uma rede de distribuição e ele é composto por dois gases: o propano e o gás butano.

Propano : H3C ─ CH2 ─ CH3            

Butano: H3C ─ CH2 ─ CH2 ─ CH3

Esses dois gases são os principais componentes do gás natural e também são altamente perigosos, pois são inflamáveis, não obtém cheiro e nem cor também.

Comesse gás não tem cheiro, por medida de segurança para nós consumidores e por quem estiver por perto, é adicionado ao GN alguns tipos de substâncias, são elas o tiocompostos ou compostos sulfurados  mais conhecido como enxofre.

São essas substâncias que são capazes de dar cheiro ao gás natural, pois são altamente com um odor muitíssimo desagradável e poderá ser sentida pelo consumidor mesmo em pequenas quantidades. Com isso podemos perceber o perigo e logo em seguida resolver o problema.

A diferença entre o gás GLP( gás de cozinha) e o gás natural, é que o GLP não possui algum tipo de substancias inorgânicas e você o encontra dentro de botijões, já o gás natural obtemos pelas concessionárias, ou seja, pelo gás encanado ou ele canalizado de rua.

Agora iremos falar sobre a conversão:

Para realizar esta conversão, deverão ser usados tipos de kits de peças certas para cada tipo de produto específico. Em cada kit que foi fornecido pelo próprio fabricante, contém as peças próprias para que o fogão funcione corretamente sem nenhum tipo de problema, assim o gás natural irá funcionar adequadamente.

Um aviso extremamente importante é o seguinte, nunca deverá ser colocadas peças que não são apropriadas para o tipo de modelo ou tentar fazer adaptações, nem mesmo se for a pedido do cliente, pois com isso irá acarretar riscos, e o responsável sempre será de quem realizou o serviço.

Sobre as peças que deverão ser trocadas na hora de fazer a conversão são as seguintes:

1- A primeira de todas é a ponteira de conexão de gás;

ponteira de conexão
Ponteira de conexão de gás

2- Em segundo são os registros, pelo fato de que a vazão mínima para o próprio gás natural é bem maior que a do gás GLP;

Registro para instalação de gás
Registro para instalação de gás

3- A terceira peça são os injetores. Os diâmetros de alguns furos são bem maiores quando se comparado com o gás de cozinha (GLP), ainda sobre isso, nunca poderá ser aumentado o furo do injetor, pois acarretará em problemas;

4- Deverá também ser ajustada a regulagem do ar primário, pois ele deverá ser menor que a regulagem para o gás de cozinha, mas antes deverá ser verificada a regulagem correta especificada pelo próprio fabricante;

5- Dependendo do modelo do fogão, também deverão ser trocados cada tubo individual de cada queimador;

6- Logo em seguida deverá ser conectada uma mangueira metálica do ponto de gás ao fogão;

Esse kit pode ser comprado separadamente ou em conjunto, confira onde encontrar o kit conversão de gás

Precisará ser verificado se a pressão do gás natural está à 220mmca, caso não esteja, deverá ser feita a regulagem correta, para isso a companhia de gás terá que ser informada para poder fazer a regulagem dessa pressão.

Depois que a conversão do gás foi finalizada, é necessário que se verifique se há possíveis vazamentos. Para isso, é preciso que se use um manômetro para ver se está ocorrendo queda de pressão.

Este serviço de conversão não é fácil de fazer, portanto, nunca se arrisque a tentar executa-lo. Contrate agora os serviços de conversão do fogão da Aplitec clicando aqui

Deixe seu comentário